ROLLER DERBY?

O Roller Derby é um esporte coletivo sobre patins quad, praticado numa pista oval. Cada time é composto por 5 patinadoras onde apenas uma delas é a atacante (a jammer, identificada por uma estrela no capacete) e marca os pontos ao ultrapassar o maior número de vezes as patinadoras do time adversário. As outras 4 patinadoras não marcam pontos, mas formam o bloqueio e trabalham na ofensiva e defensiva bloqueando a atacante do time adversário e abrindo passagem para a atacante do seu próprio time.

Gotham x Duke City (foto: Brendan McMullen)

As partidas de Roller Derby envolvem velocidade e muitos bloqueios; então, é natural que as jogadoras se machuquem. Por isso, é obrigatório o uso de equipamentos de proteção tanto nos jogos quanto nos treinos (capacetes, protetores de boca e pulso, cotoveleiras e joelheiras).

Os treinos iniciais são baseados em aulas práticas para ensinar as regras e as habilidades necessárias para jogar Roller Derby. Os treinos também envolvem partidas amistosas entre as jogadoras da liga, porém, é importante enfatizar que esse momento dos treinos só é realizado quando se tem a garantia de que o jogo (bout) pode ser realizado com segurança. Por isso, é comum separar as patinadoras novas das experientes nos jogos de treinamento para ter certeza de que ninguém vai se machucar. Além disso, também são realizados treinos off-skate, ou seja, treinos onde as atletas praticam exercícios de fortalecimento e resistência muscular localizada.

Por volta dos anos 60, as partidas de Roller Derby encenavam brigas exageradas e jogadas violentas simplesmente para entreter a platéia, por isso, é bastante comum ouvir por parte do público leigo que um jogo de Roller Derby é nada mais nada menos do que “um porradeiro de meninas”.  Mas na atualidade o esporte tem regras que cobrem tudo, desde o jogo até a conduta esportiva. As jogadoras não podem agarrar, puxar ou empurrar as adversárias, não podem usar os cotovelos acima dos ombros ou bloquear com os braços completamente esticados. Também não é permitido o bloqueio por trás, fazer barreira ou impedir que as oponentes retornem para a pista. A quebra de qualquer uma dessas regras leva a equipe a passar um tempo na área do pênalti. Faltas leves são pagas com 30 a 60 segundos de punição, já as faltas graves podem levar à expulsão do jogo ou a pagamento de um castigo engraçado. Cair deliberadamente na frente de outras jogadoras, brigar, fazer faltas em patinadoras que estão caídas, desrespeitar aos juízes e apresentar conduta antidesportiva são consideradas faltas graves.

Na atualidade o  roller derby  é um esporte sério, com muitas regras e que exige muito treino e comprometimento das jogadoras. Como dissemos, não se trata de um “porradeiro de meninas” e acrescentamos também que não é um desfile de garotas patinando com roupas “estilosas”. Não é que somos contra o uso de meias arrastão, maquiagem e roupas bacanas, mas, tratando-se de um esporte, acreditamos que o visual não deve ser prioridade. Para ser uma derby girl de verdade, a disposição para tornar-se uma atleta deve vir em primeiro lugar!

Foto: Mark Ralston/AFP/Getty Images

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s